15 de abr de 2017

Falando sobre Compulsão: Relato da Aline

Hello girls!!!!!

Não é fácil conviver com a compulsão alimentar.  Apesar de muitos não acreditarem, a compulsão alimentar é uma doença sim!!!! Ela SEMPRE vai estar ligada a outra doença: depressão/ansiedade, ela é oportunista, nos momentos que estamos mais frágeis ela aparece para nos consolar.

Vamos conhecer o relato da Aline?

" Percebi que tinha compulsão alimentar aos 18 anos. Logo após iniciar no meu primeiro emprego. Sempre gostei de comer, mas lá eu trabalhava 6 horas  seguidas sentada, o tempo não passava e eu via na bolacha, no salgadinho, na coca e chocolate  um passatempo maravilhoso.
 Após um relacionamento falido, onde vivíamos terminando e voltando, vi na comida meu melhor amigo. Comecei a engordar e me sentia mal mas nunca havia pensado em fazer academia, ir caminhar e fazer dieta....
 Depois mudei de emprego e comecei a almoçar fora e tudo foi se tornando muito pior, eu comia muita besteira e sempre queria doce a tarde, sem doce é como se eu não conseguisse viver.... Fui engordando, comprando roupas cada vez maiores, foi quando subi na balança depois de 6 meses e me deparei com 78kg, e nossa!!! era muito peso!!! Decidi mudar, comecei academia e reeducação alimentar e em 3 meses perdi 10kg. Porém comecei outro namoro e fui traída, voltei a comer muita besteira e parei com a  academia... Engordei tudo de novo e desde então nunca mais consegui me controlar, fico um dia bem e no outro já preciso comer como se fosse uma droga, comer até o estômago dores de tão cheio, comer sem controle, comer como recompensa, comer como consolo.
 Hoje peso 81 kg e quando vejo minhas fotos de biquíni com 68 kg sinto muita saudade. Saudade da época em que eu praticava esporte, comia saudável e tinha orgulho de mim mesma.
 Esse mês voltei para a academia mas não consegui ainda controlar minha boca. Espero que com os exercícios eu me recupere dessa doença."

Relato de Aline Marques, 08/03/17



Como eu já havia dito, compulsão é uma doença, e necessita ser controlada. Precisamos aprender a nos amar independente da imagem que apareça no espelho.



Stay Strong



Um super beijo e TCHAU!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário